Início Economia Angónia prevê produzir 986 mil toneladas de produtos diversos

Angónia prevê produzir 986 mil toneladas de produtos diversos

Neste momento, o distrito já colheu 885 mil toneladas, o que representa 98 porcento da meta estabelecida pelo governo distrital para a época 2019-2020. Porque há muita produção, o Governo distrital teme que parte da produção se perca por falta de capacidade de conservação e processamento.

O distrito de Angónia, na província de Tete, é rico em produtos diversos, com destaque para o milho, feijão, soja e hortícolas. Neste momento, os produtores estão empenhados em lançar culturas para a segunda época. Entretanto, o governo distrital está satisfeito com o ritmo da produção.

“Temos 128 mil famílias produtoras e elas tem feito muito esforço para garantir comida no nosso distrito. Só de produção de milho colhemos perto de 500 mil toneladas na primeira época. Até este momento já comercializamos 540 mil toneladas de produtos diversos. Prevemos colher 986 mil toneladas, mas só na primeira época fizemos 885 mil, o que quer dizer que estamos bem encaminhados para atingir a meta. Temos a vantagem de ter nove cursos de água permanentes e nalguns pontos existem represas. Ao todo temos 23 represas, algumas das quais são familiares e isso ajuda os nossos produtores”, disse Paulo Sebastião, administrador do distrito para depois avançar que a grande preocupação prende-se com a conservação dos produtos de fácil apodrecimento.

“Estamos a procura de parcerias, a todos os níveis, para sairmos desta situação de todos os anos perdermos grandes quantidades de tomate. Se tivéssemos uma unidade de processamento estaríamos a dar motivos da população produzir mais e estaríamos a compensar o esforço feito por esses produtores. Temos a babata reno que também já é uma preocupação porque produzimos em grandes quantidades e acaba apodercendo porque não temos soluções no distrito para garantir a sua conservação por muito tempo”, lamentou o dirigente.

Boa parte dos produtos produzidos são absorvidos a nível local através da empresa Escolha do Povo, uma fábrica que se dedica ao processamento de milho para a produção de farinha de milho e de soja para o fabrico de óleo alimentar e bagaço para produção de ração animal.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Ultima hora: Benfica oficializa Otamendi após ‘percalço’

48 horas depois de anunciar que tinha chegado a acordo com o Manchester City tendo em vista a transferência, a título definitivo, de Nicolás...

Presidente das Filipinas ameaça encerrar Facebook

O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, ameaçou encerrar a rede social Facebook depois de a empresa ter apagado várias contas ligadas às Forças Armadas...

Contamos com mais 369 pessoas livres do Coronavírus no país

Mais trezentas e sessenta e nove pessoas recuperaram da COVID-19 no país. Contudo, outras 268 testaram positivo para a doença, segundo o Ministério da...

Testam positivo da COVID-19 mais de um da na DNIC

Trata-se do terceiro caso associado àquela entidade em um mês. O funcionário em causa é de sexo masculino, com idade compreendida entre os 40...

Recent Comments

%d bloggers like this: