Início Política Frelimo quer que supostos apoiantes de Nhongo sejam responsabilizados

Frelimo quer que supostos apoiantes de Nhongo sejam responsabilizados

O partido Frelimo está atento ao julgamento que arrancou na passada sexta-feira, no Tribunal Judicial do distrito de Dondo, em Sofala, referente a seis indivíduos, entre eles o antigo deputado da Renamo, Sandura Ambrósio e antigo membro da assembleia provincial de Sofala, também da Renamo, que são acusados de recrutar jovens para engrossar as fileiras da auto-proclamada Junta Militar da Renamo que é liderada pelo Major-General Mariano Nhongo. Os réus são também acusados de apoio moral e financeiro a referida Junta, que supostamente comanda ataques militares na zona centro do país.

A Frelimo insta as autoridades de justiça a responsabilizar, de forma exemplar, os seis indivíduos que estão a ser julgados, acusados de conspiração contra a segurança do Estado, se se provar o envolvimento dos mesmos no apoio a auto-proclamada Junta Militar da Renamo.

“Não temos o conhecimento profundo deste caso. Temos acompanhado desde o início através da imprensa. Contudo, julgamos que para serem detidos e levados ao tribunal deve haver provas e queremos que na base destas provas se faça justiça. Não pode haver impunidade num país para quem quer atacar a soberania, a tranquilidade e a ordem pública. Ninguém está acima da lei em Moçambique”, indicou Sérgio Pantie, chefe da brigada central de assistência a província de Sofala.

Sérgio que falava neste fim de semana na Beira, numa conferência de imprensa, exortou a Junta Militar a encontrar formas para dialogar com a liderança da Renamo no sentido de resolver os seus problemas.

“Tudo aponta que há problemas no meio da Renamo.Que a Junta procure resolver estes problemas, aparentemente ligados a liderança, segundo já deu a entender a própria Junta. Em todo o mundo quando há problemas internos, resolvem-se internamente e achamos que a Renamo devia resolver os seus problemas e deixar de atacar civis e destruir bens na zona centro do país”.

Em Sofala, Pantie esteve a liderar um grupo de parlamentares do seu partido que visitaram em trabalho, os distritos do Búzi, Nhamatanda Dondo e Beira com objectivo de monitorar os esforços que estão a ser feitos pelo governo e sociedade em relação a pandemia da COVID-19.

Fonte: O pais

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Moçambique pede à China alívio na dívida de 1.100 milhões de euros

A dívida total de Moçambique à China ronda 1,3 mil milhões de dólares (1,1 mil milhões de euros) e o país lusófono pediu um...

A primeira reação da Juventus após CR7 testar positivo à Covid-19

A Juventus emitiu, esta quarta-feira, nas plataformas oficiais o primeiro comunicado oficial onde fala sobre a situação clínica de Cristiano Ronaldo, que testou positivo...

Youtube remove vídeo do Governo brasileiro sobre o uso de máscaras

O Youtube removeu hoje da sua plataforma um vídeo da Fundação Alexandre de Gusmão, órgão ligado ao Ministério de Relações Exteriores do Brasil, que...

COVID-19 pode causar problemas na audição

Médicos alertam que a COVID-19 pode causar a perda auditiva súbita e permanente, nalguns doentes, depois de ter sido relatado o primeiro caso, esta...

Recent Comments

%d bloggers like this: