Início Sociedade Criminalidade Agostinho Vuma continua internado no ICOR com quadro clínico reservado

Agostinho Vuma continua internado no ICOR com quadro clínico reservado

Cerca de vinte e quatro horas depois do baleamento do empresário e presidente da Confederação das Associações Económicas Agostinho Vuma continua internado no serviço de Urgências do Instituto do Coração. Informações avançadas por um dos membros da CTA indica que correu bem a intervenção cirúrgica sendo que neste momento continua a inspirar mais cuidados.

A meio da tarde deste sábado foi baleado na Cidade de Maputo o presidente da CTA Agostinho Vuma por indivíduos até aqui desconhecidos e à monte. Desconhecem-se também as motivações do crime.

Testemunhas no local contam que viram dois homens empunhando armas de fogo que alvejaram o empresário quando saia do seu escritório na capital do país. Depois da ocorrência a Polícia da República de Moçambique deslocou-se ao local e prometeu em coordenação com o serviço Nacional de Investigação Criminal acionar todas as linhas operativas neutralizar os autores do crime para sua responsabilização.

Este domingo logo pela manhã a família de Agostinho Vuma deslocou-se ao Instituto do Coração para se inteirar da evolução do estado clínico do seu parente.
Nisto estavam também no recinto daquela unidade sanitária privada os membros da CTA, onde o membro do pelouro de infraestruturas e presidente da federação moçambicana de empreiteiros, Manuel Pereira falou à imprensa tendo considerado com o estado clinico da vitima continua reservado.

“Isto é muito reservado portanto, nós estamos aqui como vocês sem saber muito sobre o estado de saúde porque os médicos estão ainda a trabalharem, portanto não sabemos se o Presidente Vuma está fora ou não de perigo, portanto é reservado o que digo é que precisamos ter calma e deixarmos que o tempo dirá, vamos continuar a trabalhar e deixarmos nossos clínicos funcionarem para vermos se amanhã na parte de tarde eles podem dar alguma informação”.

Membros da estrutura directiva da CTA entravam e saiam do Instituto do Coração e outros permaneciam no local para de perto acompanhar a evolução do quadro clínico de Agostinho Vuma. Do lado de forma era indisfarçável a presença policial ao redor desta unidade sanitária privada.

Fonte: O pais

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Novo ataque contra autocarros faz dois mortos no centro

Um ataque armado contra uma coluna de quatro autocarros de passageiros escoltados pela polícia no centro de Moçambique provocou hoje dois mortos e oito...

Cristiano Ronaldo marca e Juventus vence na estreia de Pirlo

A Juventus deu, este domingo, o 'tiro de partida' para a defesa do título de campeã italiana, e logo com um triunfo sobre a Sampdoria, por...

Real Madrid empata no terreno da Real Sociedade

O Real Madrid estreou-se na La Liga com um empate no Anoeta. Frente à Real Sociedad, os campeões espanhóis não foram além do nulo naquela que...

Presidente da República orienta, na Zambézia, cerimónia alusiva ao Dia da Vitória

O Presidente da República, Filipe Nyusi, dirige, esta manhã, a cerimónia central alusiva ao Dia da Vitória, na Praça dos Heróis, na cidade de...

Recent Comments

%d bloggers like this: