Início Sociedade Presidente da República orienta, na Zambézia, cerimónia alusiva ao Dia da Vitória

Presidente da República orienta, na Zambézia, cerimónia alusiva ao Dia da Vitória

O Presidente da República, Filipe Nyusi, dirige, esta manhã, a cerimónia central alusiva ao Dia da Vitória, na Praça dos Heróis, na cidade de Quelimane, província da Zambézia.

No local, o Chefe de Estado depositou uma coroa de flores em homenagem aos heróis nacionais.

Trata-se de figuras que participaram activamente “na luta de libertação da pátria moçambicana, nas frentes da luta armada ou clandestina, no combate diplomático ou na informação e propaganda, na batalha pelo triunfo da independência, bem como no esforço abnegado tendente a valorizar as conquistas da independência nacional, da moçambicanidade e do desenvolvimento nacional”.

De seguida, Filipe Nyusi visitou uma exposição fotográfica, na Praça dos Heróis em Quelimane.

Através da referida exposição, o Presidente da República acompanhou a evolução da história do país, desde o desencadeamento da luta de libertação nacional, passar pelo momento que culminou com a assinatura dos Acordos de Lusaka, pela vitória tragédia Mbuzini, África do Sul, até ao percurso da chama da unidade nacional em diferentes pontos do país.

Filipe Nyusi acompanhou igualmente o processo sobre o desenvolvimento nacional através de fotografias. O Ministério dos Combatentes falou do que tem feito, de há tempo a esta parte. Entre diferentes actividades, a instituição destacou a formação de alguns filhos dos antigos combatentes.

Neste quinquénio, o Ministério dos Combatentes espera formar 150 filhos de combatentes e construir várias casas para os veteranos da luta armada. Na Zambézia serão construídas 30 habitações e até o fim do mandato, num total de 250 em todo o país. Serão ainda atribuídos seis mil meios de compensações aos antigos combatentes, até 2024.

Depois da exposição fotográfica, o Presidente da República dirigiu-se à tenda montada para as cerimónias centrais do Dia da Vitória, onde procedeu à imposição de insígnias a 25 veteranos da luta de libertação de Moçambique.

A cerimónia ainda está a decorrer e será replicada em todo o país. Ao todo serão condecorados 916 combatentes com a “Medalha Veteranos da Luta de Libertação de . Moçambique”. O vento será orientado pelos secretários de Estado.

 

Fonte: O pais

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Novo ataque contra autocarros faz dois mortos no centro

Um ataque armado contra uma coluna de quatro autocarros de passageiros escoltados pela polícia no centro de Moçambique provocou hoje dois mortos e oito...

Cristiano Ronaldo marca e Juventus vence na estreia de Pirlo

A Juventus deu, este domingo, o 'tiro de partida' para a defesa do título de campeã italiana, e logo com um triunfo sobre a Sampdoria, por...

Real Madrid empata no terreno da Real Sociedade

O Real Madrid estreou-se na La Liga com um empate no Anoeta. Frente à Real Sociedad, os campeões espanhóis não foram além do nulo naquela que...

Presidente da República orienta, na Zambézia, cerimónia alusiva ao Dia da Vitória

O Presidente da República, Filipe Nyusi, dirige, esta manhã, a cerimónia central alusiva ao Dia da Vitória, na Praça dos Heróis, na cidade de...

Recent Comments

%d bloggers like this: